Dia 09/11/2019
Seminário com Gabriel Arges “Frodo”:  às 15:00
Graduação: às 11:00 (somente graduados e convidados)
Coquetel: após a graduação

 

Incrições encerradas.

Gabriel Arges é um faixa-preta de jiu-jitsu do Professor Romulo Barral, que também treinou extensivamente com Marcelo “Uirapuru”, competindo pela Academia Gracie Barra. Arges ganhou fama antes mesmo de conquistar a faixa preta, particularmente durante as suas campanhas de faixa roxa e marrom (2013-2015), onde conquistou importantes títulos como o Campeão Mundial da IBJJF (Gi / No-Gi), Campeão do Absoluto do Campeonato Europeu, bem como Pan América e campeão nacional americano.

Principais conquistas:

1º lugar no Campeonato Mundial da IBJJF (2016/2017/2019)

1º Lugar Campeonato IBJJF Pans (2018)

1º Lugar ACBJJ 4 Grand Prix 85 kg (2017)

1º Lugar UAEJJF Abu Dhabi Pro (2016/2017)

1º Lugar UAEJJF King of Mats 85 kg GP (2019)

1º lugar Grand Slam UAEJJF, Abu Dhabi (2017)

1º Lugar Grand Slam dos UAEJJF, Los Angeles (2016)

1º lugar UAEJJF Grand Slam, Tóquio (2016)

1º Lugar Open Europeu da IBJJF (2016)

 

Principais Conquistas (Correias Coloridas):

1º Lugar Campeonato Mundial da IBJJF (2014 roxo)

1º lugar no Campeonato Mundial Sem Kimono da IBJJF (2015 brown, 2013 purple)

1º Lugar UAEJJF Abu Dhabi Pro (2015 marrom, roxo de 2014)

1º Lugar Campeonato IBJJF Pans (2014 roxo)

1º Lugar IBJJF European Open (2014 roxo)

1º Lugar da IBJJF American Nationals (2015 marrom)

1º Lugar da IBJJF American Nationals No-Gi (2015 ** marrom)

3º Lugar do Campeonato Mundial da IBJJF 3º Lugar (2015 ** marrom)

3º Lugar do Campeonato Mundial Sem Kimono da IBJJF (2014 marrom)

3º Lugar Campeonato Pan IBJJF (2013 roxo, marrom 2015)

* Absolute

* Peso e absoluto

 

Posição / Técnica Favorita: X + Single X Guards

Divisão de Peso: Peso Médio (82,30)

Equipe: Gracie Barra

 

Biografia de Gabriel Arges

Gabriel Arges nasceu em 29 de janeiro de 1993 em Belo Horizonte – MG.

Ao longo de sua infância, Gabriel praticou vários esportes, com sua primeira experiência em artes marciais chegando aos 14 anos através do boxe tailandês. Esse contato de curta duração como Arges foi mais comprometido com a equipe de futebol da sua escola, um grupo que ele capitaneou na época.

No início da adolescência, Arges tinha alguns amigos que treinaram e competiram no jiu-jitsu. Eles costumavam convidar Gabriel para assistir aos torneios e até mesmo participar de suas sessões de capacitação nos lares uns dos outros. Estes convites acabaram por levar Gabriel ao tatame (com a idade de 16 anos), juntando-se a um ginásio perto da sua casa, que ele já frequentava para fins de fitness.

Nesta academia, o primeiro instrutor de Gabriel Arges foi Fernando Fialho, da equipe da Gracie Barra Belo Horizonte (GB-BH). Fialho tinha acabado de ganhar sua faixa marrom na época e estava começando sua carreira de treinador, tendo muita ansiedade e tempo para gastar com seus alunos. Após 18 meses de treinamento sob o olhar atento de Fernando, Gabriel ganhou sua faixa azul.

Depois de ganhar sua faixa azul, Gabriel decidiu que queria competir com mais regularidade. A academia do Fialho tinha apenas alguns cinturões azuis e oferecia 3 aulas por semana, portanto, com a permissão de seu treinador, Arges decidiu conciliar seu treinamento entre as aulas do Fialho e do GB-BH – liderado por Marcelo “Uirapuru” Azevedo.

Na sede da academia BH, Gabriel Arges conheceu e fez amizade com Felipe “Preguiça” Pena, que era faixa roxa na época. Juntamente com o treinador sênior Uirapuru, Pena ajudou a empurrar o jogo de Arges para o próximo nível.

Felipe Peña e Arges treinaram extensivamente juntos, a partir de 2011. Arges costumava viajar com Pena e treinar em sua academia, desde o início desta academia. Em 2012, a Preguiça decidiu retornar à academia de Romulo Barral (Gracie Barra Northridge), onde estivera na preparação do Pan Am e do Campeonato Mundial do ano anterior, uma receita que foi muito proveitosa. Pena convidou Arges para vir também, o que acabou por ser o começo de outro importante relacionamento entre estudantes e treinador na vida de Arges, com Barral.

Romulo Barral tornou-se uma grande influência na decisão de Gabriel de se tornar um atleta profissional de jiu-jitsu, promovendo Arges à faixa-marrom depois que ele conquistou seu primeiro título mundial (2014) junto com Felipe Pena. Os dois também garantiram a faixa-preta de Gabriel em situação semelhante, depois que Arges venceu o Mundial Sem Kimono em 2015, enquanto estava no pódio.

 

Graduação do mestre Robbe

Graduado: Mestre Mauricio Robbe

×